Casal em um campo ensolarado com os seus cachorros

Animal doméstico e seus cuidados básicos

Ter um animal doméstico é muito gostoso, não é mesmo? Afinal de contas, eles recebem a gente com todo carinho de rabinho abanando, dão aquelas lambidinhas recheadas de amor e são muito fofos! Dessa forma, deixamos qualquer tristeza ou problema de lado.

Contudo, é necessário lembrar a grande responsabilidade que é ter um filho peludo. Isso porque eles merecem uma vida de qualidade e, nesse caso, você é responsável em proporcionar isso.

Nesse sentido, é fundamental ter a consciência de que cuidar de um cão ou de um gatinho exige bem além de dar casa, comida e água. Isso porque os pets têm direitos garantidos por lei.

Por essa razão, é legal saber que ser dono ou dona de um cachorrinho é quase que ser uma mamãe ou um papai. Desse modo, é indispensável ficar de olho para saber se ele está tristinho, se comeu direito, se está fazendo cocô como deveria etc.

Mas não precisa arrancar os cabelos de tanto desespero! Neste post, vamos contar para você quais são as principais necessidades de um animal de estimação. Quer saber mais? Então acompanhe!

Garanta o espaço adequado

É dever do tutor assegurar a devida proteção física do animal, que não pode ficar exposto ao sol ou à chuva. Mais uma obrigação com o pet é providenciar uma estrutura na residência ou apartamento que o impeça de sair para a rua.

Assim, é possível afastar os riscos de o amigo de quatro patas ser atropelado, comer algo tóxico ou até mesmo entrar numa briga com outros bichinhos.

Lembre-se de que não basta trancar bem a casa. Nesse sentido, antes de sair, faça um check list sobre eventuais coisas perigosas: baldes com roupas de molho, produtos de limpeza, facas e outros objetos cortantes etc.

Dê amor, atenção e carinho a seu animal

Além do seu amor e afeto, o animal precisa de brincadeiras e interação. Essa regra é ainda mais importante para os cachorrinhos, que necessitam passear diariamente. Além disso, compre alguns brinquedos para ele ter com o que se divertir quando você não está. Quando chegar em casa, dedique um tempinho para brincadeiras que consumam energia: jogar a bolinha, por exemplo.

Assim, você vai incentivar o desenvolvimento da coordenação motora, prevenir a obesidade e também o estresse. Afinal, eles requerem atenção para se sentirem felizes e amados. Não será nenhum sacrifício para você, concorda?

Assegure uma alimentação de qualidade

Seu animal também carece de uma ração nutritiva e balanceada e que seja apropriada à idade, ao peso e às condições de saúde dele. Mais uma dica: reponha sempre que der a água da tigela para ela ficar sempre fresquinha.

Outro conselho valioso: não dê comida de humanos para seu pet. Isso por dois motivos: primeiro que a ração já tem os nutrientes necessários. Além disso, excessos na dieta causam sobrepeso.

Muitos alimentos que comemos no dia a dia fazem muito mal para os bichos. Assim, o alho, a cebola e o chocolate, por exemplo, podem provocar intoxicações graves tanto em cães como em gatos.

Escove os pelos do seu filho peludo

A escovação é outro processo indispensável para o animal. Isso porque ela ajuda a expelir a pelagem morta, eliminando a sujeira que acumula sobre a pele. Outro motivo para escovar é que os cãezinhos adoram esse momento, quando ele é feito com muito carinho. Assim, você vai se aproximar ainda mais do seu pet. Quinzenalmente, dê um bom banho no seu amiguinho ou leve-o a um petshop para fazer isso.

Providencie a atenção veterinária a seu animal

Mesmo que o animal não esteja doente, é necessário levá-lo ao veterinário no mínimo uma vez por ano. Assim, você pode fornecer cuidados de medicina como a castração. Além de evitar crias, essa cirurgia ameniza os riscos de câncer, acalma os bichos mais agressivos e contribui para eliminar os comportamentos de marcar território, como urinar em toda parte.

Com essa consulta, você também fica sabendo sobre os esquemas de vacinação. Desse modo, você deixa seu pet protegido de doenças que podem até mesmo causar a morte.

Você também precisa se informar sobre os processos de vermifugação, que combatem os parasitas. Quando o bichinho está com verme, os pelos caem, há perda de peso, anemia, entre outras possíveis doenças.

Portanto, cuidar de um animal doméstico não é mesmo nada simples. Porém, com tanta doçura e graça, com certeza esse esforço valerá muito a pena. Quer confirmar? Então leia também nosso post sobre os bichinhos de estimação e seus benefícios!

Por favor, siga-nos e curta-nos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *