Cachorrinho bravo em cima de um sofá

Como adestrar um cachorro e os melhores livros de apoio

Quando a gente tem um pet na família, sempre surgem algumas dúvidas sobre os cuidados, não é mesmo? Afinal, pensamos em tanta coisa: como vacinar, o que fazer para acabar com pulgas e carrapatos, qual é a melhor ração etc. São tantas ideias e logo queremos saber também como adestrar um cachorro.

Bom, a maneira de ensinar o bichinho de estimação vai definir a qualidade da relação de vocês. Por isso, tente sempre pôr muito amor em todos os treinamentos.

Os cães têm um jeitinho especial para entender as coisas. Nesse quadro, eles não compreendem as broncas dadas muito tempo depois que o “crime” foi cometido. Ou seja, quando você chega em casa e acha cocô no lugar errado, não adianta mais brigar.

Desse modo, o jeito é incentivar o pet a usar o lugar desejado pela família para as necessidades. Quando você pegar o cãozinho naquele flagrante, aí, sim, diga um “não” bem forte.

Por outro lado, recompense com um petisco toda vez que ele fizer algo certo.

Como você vê, são muitas dicas e truques sobre treinamento de cães: sentar, dar a patinha, rolar, deitar, entre outros tantos. Também dá para direcionar os comportamentos: como não latir muito ou urinar em um lugar específico.

Quer saber mais sobre esse universo? Nada melhor que uma boa leitura, não é mesmo? Então veja neste post algumas dicas de livros interessantes que contam como adestrar um cachorro. Confira!

“Adestramento inteligente”

Na obra “Adestramento Inteligente”, o famoso apresentador Alexandre Rossi, conhecido como doutor pet, fala muito sobre reforço positivo. Nessa técnica, o foco são os elogios, e não as correções. Assim, ele explica como consegue, com carinho, fazer o animal sentar, deitar, dar a patinha e muito mais. Além disso, o livro traz outra peça-chave de como treinar um cachorro: a linguagem corporal canina.

“Tudo Sobre Truques E Adestramento De Cães”

Neste livro, a escritora Gerilyn J. Bielakiewicz revela vários segredos de como adestrar um cachorro. Por exemplo: ela traz uma lista com os acessórios necessários para o treinamento.

Essa obra também traz aulas sobre como ensinar a fazer xixi e cocô nos locais certos. Mais um tema é ajudar o cãozinho a latir menos. Sabe quando temos um pet mais frágil e sensível? Ela também explica os cuidados básicos para agir com os animais ansiosos.

“A Cabeça do Cachorro”

Lançado em 2010, este livro foi um sucesso, tornando-se uma fonte de dados confiável sobre como adestrar um cachorro. A professora do Departamento de Psicologia do Barnard College de Nova York, Alexandra Horowitz, comandou algumas experiências com cães e seus donos.

Nesses ensaios, ela percebeu que o cão faz aquela cara de culpa mesmo quando é inocente! Funciona mais ou menos assim: se o dono falar bravo, o pet acha que está fazendo algo errado naquele momento e fica com aquela expressão de quem cometeu um erro.

Contudo, ela descobriu que os cachorros fazem essa cara de “aprontei” porque o dono emite sinais de desapontamento. Desse modo, mesmo quando o animal não desobedece em nada, se o tutor falar em um tom de repreensão, o cãozinho faz aquela carinha mesmo assim.

“Aprenda a ser dono”

O livro “Aprenda a ser dono” é mais uma opção sobre como adestrar um cachorro. Nessa obra, é incentivado que o tutor se divirta ao educar o cãozinho. Desse modo, esse trabalho apresenta algumas sugestões prazerosas para treinar o pet de uma forma mais espontânea e instintiva.

Assim, são ensinamentos que vão buscar a sabedoria na vida dos lobos, dos quais os cachorros são descendentes. Com esse resgate ao primitivo, o bicho de estimação passa a obedecer o dono de um jeito bem natural. Isso acontece porque, na natureza, esses animais costumam seguir um líder. Ou seja, o dono deve se comportar com autoridade para exercer esse papel e facilitar o aprendizado.

Viu só quanta coisa boa sobre como adestrar um cachorro tem por aí? Na verdade, ler sempre faz bem para alma, não é mesmo? No entanto, no caso dos pets, é muito interessante porque as informações dos livros modificam a relação de vocês diariamente.

Assim, a família fica em harmonia, e o cãozinho se sente mais feliz e acolhido. Que tal saber mais sobre o comportamento canino? Então leia também nosso post sobre como educar filhotes.

Por favor, siga-nos e curta-nos
error0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *