Dois cachorros brincando na grama em um dia ensolarado

Macho e fêmea: saiba as principais diferenças comportamentais

Ao adotar um animal de estimação, uma família leva muita coisa em conta, não é mesmo? Afinal, tem gente que prefere um pet mais acelerado e cheio de energia. Porém, outros donos gostam mais dos bichos quietinhos e carinhosos. Do mesmo modo, quando o tema é macho e fêmea, também existem algumas divergências comportamentais, além das físicas.

Mas não é só no momento de escolher nosso pet que essas dúvidas surgem, concorda? Muitas vezes, os tutores que já estão com seus filhos peludos em casa também querem saber: o que difere macho e fêmea? Você tem curiosidade sobre o assunto? Então veja neste post as características de cada gênero!

Cães

Em relação aos cães, macho e fêmea se comportam de maneira muito distinta. Geralmente, os “rapazes” gostam de marcar o território com xixi. No entanto, essa atitude melhora muito depois da castração.

Já as “mocinhas” entram no cio e podem ter crias indesejadas. Contudo, para crianças, elas são as mais indicadas por causa de seu instinto de maternidade. Afinal, as fêmeas acabam enxergando a garotada como filhotes de cachorro, o que fortalece a relação e aproxima as crianças do universo canino.

Felinos

Depois que passam pela castração, são muito pequenas as diferenças de macho e fêmea no mundo dos felinos. Desse modo, os machos operados são descritos como mais carinhosos e sociáveis. No entanto, as gatinhas nessa mesma situação reprodutiva costumam ser mais autossuficientes e ressabiadas com desconhecidos.

Contudo, quando são férteis, os bichanos apresentam condutas de gênero bem marcantes. Os machos, por exemplo, brigam na rua e podem desaparecer por dias. Já as fêmeas felinas, na época de cruzar, provocam ruídos agudos.

Pássaros

As aves são um caso à parte na questão macho e fêmea. Os dois gêneros podem ser muito parecidos, completamente idênticos ou até mesmo com distinções bem acentuadas. Isso dependerá da espécie. Nesse sentido, quem tem pássaros como bichinho de estimação corre o risco de sofrer até descobrir esse segredinho.

Para se ter uma ideia, as garças, as cegonhas e os sabiás demandam testes de laboratório para saber o sexo. Isso mesmo! Existem duas formas de os veterinários fazerem a avaliação: laparoscopia (incisão no abdômen para verificar os órgãos reprodutores) ou a avaliação molecular.

Para os tutores de calopsitas, o assunto macho e fêmea pode demorar para ser esclarecido. Afinal de contas, essa ave não apresenta diferença entre os gêneros na juventude. Por esse motivo, é necessário esperar a chegada da primeira plumagem de adulto.

No caso das calopsitas cinzas, as fêmeas contam com marcas horizontais na parte inferior das penas da cauda. Já as calopsitas lutino fêmeas podem ser identificadas por manchas amarelas nas asas e na cauda.

Peixes

Assim como o que ocorre entre as aves, distinguir macho e fêmea em um aquário nem sempre é uma tarefa simples. Na verdade, as características de gênero variam conforme a espécie de pet aquático.

Por exemplo: os peixes molinésia, espada, plati e barrigudinho têm uma barbatana anal bem visível, típica de machos. Por sua vez, a tilápia, o acará e o acará-disco contam com barbatanas anais e dorsais quando são machos.

Mais um peixinho com muitas particularidades entre macho e fêmea é o betta. Afinal, o macho tem barbatanas alongadas e fartas, com cores reluzentes e variadas e um corpo mais fino. No entanto, as fêmeas bettas contam com barbatanas curtas, cores mais discretas e são mais redondinhas.

Como você pôde notar, há muitas peculiaridades entre macho e fêmea, em inúmeras espécies de animais. Por isso, para aprender sobre a reprodução e as diferenças de um sexo e outro, só estudando de maneira mais aprofundada o animal de seu interesse.

Apesar disso, o que importa mesmo é o amor entre o dono e seus filhos peludos, penosos ou com escamas. Afinal de contas, ter um pet em casa só traz benefícios para toda a família. Quer saber mais? Então leia nosso post com as vantagens de ter um bichinho de estimação.

Por favor, siga-nos e curta-nos
error0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *