comedouro para cachorro

Comedouro para cachorro deve ter altura ideal? Descubra aqui na Chácara Pet!

Depois de muitas pesquisas e progressos tecnológicos no ramo pet, o comedouro para cachorro não é mais uma simples tigela. Afinal de contas, um pote em posição inadequada sobrecarrega as articulações do animal.

Além disso, ao comer agachado, o estômago do seu bichinho acaba comprimido. Dessa forma, é como se o órgão “dobrasse” conforme o pet flexiona a coluna.

A boa notícia é que, atualmente, existem muitas opções com custo-benefício atraente para melhorar a saúde dos amigos peludos. Assim, você encontra de tudo: caminha para o cãozinho, brinquedos pedagógicos e até tapetinhos para fazer xixi no lugar certo.

Nesse contexto, não é diferente com o comedouro para cachorro. Quer saber como garantir conforto na alimentação? Então confira este post!

Qual é a altura ideal para o comedor para cachorro?

A altura de um comedor para cachorro depende do tamanho do animal. No entanto, o ideal é que a tigela fique no nível do peito. Mais um ponto importante: prestar atenção no desenvolvimento canino. Dessa maneira, conforme o pet cresce e se torna mais velho, o pote deve ser substituído.

Porém, a altura não é o único quesito a ser pensado. Assim, se o pet é de grande porte, os materiais do recipiente devem oferecer mais resistência e estabilidade.

Além disso, é necessário se preocupar com o volume. Afinal, a quantidade de comida deve ser proporcional à idade do cão, seu peso e sua raça. Portanto, não adianta comprar aquela ração especial caríssima e se esquecer do comedouro de qualidade!

Quais os benefícios de usar comedor para cachorro suspenso?

Para praticamente a totalidade de cães, o comedor para cachorro elevado oferece mais conforto durante a alimentação. Dessa forma, esses acessórios contribuem para a queda do estresse. Por outro lado, a estrutura suspensa alivia o esforço das articulações. Afinal, o cachorrinho não precisa se retorcer para chegar até a sua deliciosa refeição.

Além disso, nos cães de focinhos curtos, como o pug, o boxer e o pequinês, esses produtos diminuem a formação de gases e problemas respiratórios.

Os potes mais altos também são muito indicados para os pets que passaram por intervenções cirúrgicas. Além disso, vale lembrar que dá para escolher tigelas suspensas que acumulam outras funcionalidades.

Por exemplo: alguns acessórios liberam a comida pouco a pouco, proporcionando uma alimentação mais calma. Isso traz praticidade porque os cães não podem comer em excesso, assim como nós humanos.

Quais os erros mais comuns na hora de escolher o pote de alimentação?

Quando falamos de comedor para cachorro, uma falha bem frequente é a preocupação demasiada com a estética e com as cores. Porém, a aparência sem motivo não importa em nada. O que mais vale é pensar na altura e no volume pertinentes a seu animalzinho.

Mais outro erro que os tutores cometem é esquecer de avaliar algumas características peculiares de cada raça. Desse modo, se o cachorro tem as orelhinhas alongadas, o recipiente de ração deve ter laterais mais altas para que elas não esbarrem na comida.

Outro engano é em relação à profundidade da vasilha. Se a tigela for muito funda, ela não deve ser dada para os cachorrinhos com focinhos achatados. Caso isso aconteça, haverá pressão na garganta, o que pode gerar vômitos e engasgamentos.

Por outro lado, potinhos rasos não servem para raças com o nariz comprido, como o Dachshund e o Galgo.

Portanto, o comedouro para cachorro deve ficar na altura do peito do pet. Além disso, a vasilha deve comportar a quantidade correta de comida. Assim, será fácil garantir uma alimentação saudável e equilibrada.

Mais uma dica: não se esqueça de escolher um modelo adequado para o tamanho dos focinhos e das orelhas! Que tal encomendar seu comedouro para cachorro agora mesmo? Entre em contato com a Chácara Pet pelo WhatsApp: 11-97374-7720! Assim, é só retirar o acessório no nosso estacionamento sem precisar descer do seu automóvel!

Por favor, siga-nos e curta-nos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *