Gatinho olhando para cima

Idade do gato: conheça as fases e aprenda a contar

Quem tem pets em casa quer garantir o melhor para eles, não é mesmo? Nesse sentido, é preciso conhecer a idade do gato e do cãozinho.

Afinal, só assim conseguimos saber como tratar cada um dos nossos filhos peludos da melhor forma em cada período.

Por essa razão, assim como acontece com as crianças, devemos prestar a atenção nas diferentes fases da vida dos nossos bichinhos.

Quando o assunto é a idade do gato, muita gente faz a conta de forma equivocada. Esse erro é muito comum também com os cachorros.

Nos primeiros estágios da vida, tanto cães como gatos crescem em alta velocidade. No entanto, a partir da adolescência, o ritmo de evolução reduz.

Infelizmente, não há uma regra fixa. Por exemplo: os gatinhos com um ano de vida são adolescentes, já que têm o equivalente a 15 anos de uma pessoa.

Porém, após os dois anos, um felino envelhece cerca de 4 anos em 12 meses. Ou seja, com apenas 4 anos, seu gatinho já será um “rapaz” de 32 anos.

Com os cães essa contagem é ainda mais complexa porque a correspondência humana depende do porte e da raça.

Uma bagunça, não é mesmo? Quer tirar as dúvidas de uma vez por todas? Veja a nossa tabela logo abaixo, leia nosso post a seguir e descubra a idade do seu animal doméstico! Confira!

Saiba achar a idade do gato quando filhotes

A idade do gato, aos 2 meses de vida, é igual à de uma criança de três aninhos. Nesse estágio, os gatinhos consomem muita energia e precisam de uma alimentação mais nutritiva. Desse modo, com 7 ou 8 semanas, eles devem comer ração adequada para esse estágio.

Nessa época, eles têm muita disposição: correm de lá para cá, começam a escalar e a perseguir outros animais.

Tal comportamento ocorre porque, no habitat natural, os felinos são predadores: precisam exercitar o olfato e treinar o abatimento das presas.

Com os cachorros o tempo nesse ciclo é um pouco diferente. Aos 90 dias, os cães atingem um grau de amadurecimento que corresponde a uma criança de 6 anos.

Descubra como é o cálculo em felinos adolescentes

A idade do gato na adolescência começa bem cedo, como já dissemos, com um ano de vida. Afinal, quando o bichano completa 12 aniversários, ele terá cerca de 15 anos na comparação com os humanos. Para se ter uma ideia, um cãozinho de porte médio, com um aninho, terá cerca de 12 na conversão para a contagem de gente.

Nesse período, os gatos ainda dispõem de muita energia. Por esse motivo, brinque e interaja bastante com seu felino: jogue bolinhas, use varinhas com brinquedos nas extremidades e espalhe arranhadores pela casa. Assim, você terá um gato mais dócil e feliz.

Compreenda como somar a idade do gato adulto

Depois dos dois anos, o cálculo da idade do gato se modifica. Nessa fase, a cada ano humano, o gatinho envelhece aproximadamente 4. Para se ter uma ideia, com 2 aninhos, considerada uma idade adulta, os felinos contam com cerca de 24 anos na associação com os humanos.

Além disso, a castração tem um peso enorme no modo de agir do gato adulto. Por isso, animais castrados não procuram a reprodução como os gatinhos férteis. Desse modo, se o bichano não tiver passado pela cirurgia, ao chegar à fase adulta, ele provavelmente vai fugir e se envolver em brigas.

Felinos adultos apreciam arranhar móveis para deixar seus sinais e odor. Mais um motivo para essa atitude é afiar as unhas, que funcionam como seus instrumentos de caça.

Os gatinhos adultos também se lambem o tempo todo para se limparem. Afinal, na natureza, gatos ficam muito sujos quando saem para uma caçada.

Desvende como medir a faixa etária de bichanos idosos

Mais uma peculiaridade da idade do gato: aos 11 anos, os felinos se tornam idosos, já que chegam aos 60 anos humanos. Só para efeito de comparação: os cães ficam velhinhos dependendo do porte e da raça. Desse modo, um cachorrinho pequeno, aos 10, será um “senhor” maduro de 55.

No entanto, com uma década, cachorros médios e grandes estão com 75 anos na associação com a cronologia das pessoas.

Bem, como nossa tema de hoje são os bichanos, voltemos a eles: assim como o que acontece conosco, quanto mais velhos, menor é a energia do gatinho.

Por esse motivo, nessa fase, é recomendável estimular atividades físicas apropriadas para esse ciclo da vida. Assim, é possível diminuir os riscos da obesidade pet.

Em qualquer estágio do desenvolvimento, gatos não são fãs de alterações em suas rotinas: na comida, no lugar onde dormem, nas pessoas da casa etc. Contudo, na terceira idade, o repúdio a coisas diferentes tende se agravar.

Por isso, é importante ficar atento à alimentação, já que, conforme a idade avança, serão necessárias novas dietas e rações. Nesse quadro, peça conselho ao veterinário para que as modificações não provoquem muito estresse.

Portanto, saber a idade do gato vai ajudar você a cuidar bem melhor do seu bichano. Dessa forma, você evita doenças e oferece uma velhice mais saudável.

Que tal aprender um pouquinho mais sobre os animais? Então leia também nosso artigo sobre os benefícios de se ter bichinhos de estimação!

Por favor, siga-nos e curta-nos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *